Serra do Montemuro e A Última Rota da Transumância - uma Exposição de pequenos grandes artistas

Atualizado: Mar 29

No âmbito do Plano Nacional das Artes, O Projeto Cultural de Escola do Agrupamento de Escolas de Castro Daire tem desenvolvido várias ações com os alunos do 1º ciclo, para os sensibilizar e consciencializar para a sua identidade cultural, para a valorização e preservação do seu território, para o enraizamento e a pertença a um património que herdaram dos seus antepassados e que, um dia, transmitirão a outros em herança.

Até lá, é importante que essas mesmas crianças descubram a beleza e o valor do seu território, que o conheçam em profundidade e que descubram nele um modo de vida sustentável e empreendedor, onde seja possível continuar a construir património, a criar e a fruir arte e cultura, com sustentabilidade social, económica e cultural.


Na quinta ação do Projeto Cultural de Escola, desafiámos as nossas crianças a pensarem e a recriarem a Serra do Montemuro e A Última Rota da Transumância, recorrendo às artes, à cultura e ao património.

O resultado não poderia ter sido melhor: a diversidade, a beleza, a emoção e a imaginação de cada criança culminou num coletivo de obras artísticas que juntou a criatividade, o engenho e a diversidade de criação com o conhecimento cultural do seu território.


No dia 20 de junho de 2020, o presidente do Município de Castro Daire e o Diretor do Agrupamento de Escolas de Castro Daire, na presença do restante executivo municipal, de vários presidentes de juntas de freguesia, de instituições culturais, professores e encarregados de educação, inauguraram esta exposição no Museu Municipal de Castro Daire, que, para além de uma exibição de arte e criatividade, reconhece a importância da educação e da cultura no desenvolvimento territorial, exaltando o património natural e cultural do território castrense e consciencializando para o valor e o potencial desse mesmo património no desenvolvimento cultural, económico e social da região.


As nossas crianças, autoras e criadoras destas obras artísticas, estão de parabéns pelo empenho e dedicação a este trabalho de inquestionável qualidade e beleza, mas também estão de parabéns pelas competências desenvolvidas ao longo do seu processo de aprendizagem, demonstrando que através das artes, da cultura e do património é possível aprender de várias maneiras, tal como se pinta com várias cores. Esta forma de aprender ultrapassa as disciplinas escolares, ela é transdiciplinar; processa-se de acordo com a imaginação, a força plástica e as múltiplas inteligências de cada aluno, sendo que essa liberdade de criação e de pensamento é um ótimo organizador mental, transformador de mentalidades, construtor de ideias, criador de obras, estimulador de crescimento.

Desejamos continuar a oferecer asas de liberdade criativa às nossas crianças para que elas plantem património com raízes no futuro do nosso território e façam dele a maior Exposição das suas vidas.


Não deixe de visitar a Exposição "Serra do Montemuro e A Última Rota da Transumância" no Museu Municipal de Castro Daire!

101 visualizações0 comentário