A ÚLTIMA ROTA DA TRANSUMÂNCIA

Assim se chama o evento que representa um dos maiores valores da nossa identidade cultural!

O património vivo que recria a derradeira transumância de pastores e rebanhos em terras de Castro Daire.

O relembrar dos pastores e rebanhos que se deslocavam da Serra da Estrela para a Serra do Montemuro, onde permaneciam em pastagem durante uma temporada do verão- por norma, entre o São João e a solenidade da Nossa Senhora da Assunção.

O recordar da ansiedade e da alegria do povo castrense, que esperava anualmente a chegada dos sons das campainhas e do balir dos rebanhos, os aromas transumantes, o levantar da poeira, o desfile de cabeças e ornamentos que transformavam as paisagens... o derradeiro espetáculo!


A migração de rebanhos em busca de melhores pastos é ancestral. Castro Daire foi palco desse fenómeno até 1999, ano em que se deu a última rota da Transumância.

Para além da recriação da última rota da Transumância, este evento promove e reconhece o valor e a qualidade dos produtos e recursos endógenos que o território castrense tem para dar num património inexplorado de biodiversidade, excelente para a prática da pastorícia e seus ramos adjacentes.


Este evento cultural tem a duração de 3 dias. Engloba um programa cultural diversificado, que dá a conhecer a identidade da região castrense, com animação cultural, feira, mostras, espetáculos, eventos gastronómicos, desfiles de moda, seminário, workshops, oficinas educativas, onde se promove o artesanato, os produtos biológicos, a gastronomia, a etnografia, as artes, a cultura e o património castrenses.

Devido à pandemia e consequente crise sanitária, este ano não se realizou o evento nas circunstâncias habituais, mas podes revive-lo de uma forma virtual através dos links que se seguem.


A Última Rota da Transumância está nomeada como finalista regional para as 7 Maravilhas da Cultura Popular de Portugal. [https://7maravilhas.pt/portfolio/a-ultima-rota-da-transumancia-castro-daire/]


É um ícone de saberes, de tradição, de identidade, de autenticidade e de memória da cultura portuguesa! Sabe mais aqui: http://www.transumanciacastrodaire.com/



39 visualizações0 comentário